"Só de tentar esquecer EU me lembro – EDU CARDOSO"

Talento, delicadeza e muita expertise, circundam as imagens feitas por
Edu Cardoso. Seu trabalho é o casamento do ideal e do real. Nele, o artista,
com sua retórica inflacionada e autorreferencial sugere ao público na mostra:
“Só de Tentar Esquecer Eu Me Lembro”, uma busca por memórias pessoais
através de suas mimeses que surgiram de um garimpo pautado na singeleza e
na simplicidade imagética, onde o detalhe é a diferença.

Em diálogo aberto com o observador, a sua comunicação se torna
múltipla e seus elementos compositivos, podem parecer óbvios num primeiro
momento, com a fruição mais apurada, eles se revelam numa hermenêutica
cheia de camadas e sobreposições que abrem uma gigantesca gama de
possibilidades de leitura.

A memória cria a arte, e a arte cria a memória. Com essa ideia podemos
nos situar nessa mostra que aponta para onde ainda se pode habitar a alma
humana sem filtro, sem interfaces, sem pirotecnia artística mediada ou midiada.

Não podemos deixar de nos colocar uma pergunta: Qual o lugar da natural
memória humana no tempo do arquivo artificial e do armazenamento de dados
no mundo digital? Adquirir conhecimento sempre esteve relacionado em
memorizá-lo. Na contramão dos dados digitais, Edu Cardoso convida à
experiência do tempo. Todos nós estamos submetidos intrinsecamente a
paixão de lembrar, mesmo quando talvez fosse melhor esquecer e esse
fenômeno só existe porque há sempre algo como uma verdade a se buscar.

Texto e Curadoria por Francisco Rosa.

- -

This content requires HTML5/CSS3, WebGL, or Adobe Flash Player Version 9 or higher.

CATÁLOGO

+ infos e obras que foram expostas

em breve

- FOTOS -

Start typing and press Enter to search

Caligrapixo na exposicao na Luis Maluf Art GalleryConvite exposição CRANIO MAYDAY