A GALERIA

A Luis Maluf Art Gallery foi fundada em 2014 na cidade de São Paulo, e apresenta-se como um espaço multilíngue de fomento e incentivo à arte contemporânea em todas as suas variações e desdobramentos.

Além de realizar exposições que propiciam um ambiente aberto às discussões e debates em torno das correntes da atual produção artística no Brasil e no mundo, seu acervo conta com artistas nacionais e internacionais, que possuem propostas e pesquisas fundamentadas dentro do atual pensamento poético contemporâneo.

Homônimo à galeria, seu fundador, Luis Maluf atua no mercado há mais de dez anos, e posiciona-se como um observador do cenário artístico, desenvolvendo projetos culturais de grande e pequeno porte, exposições e ações no mundo online e offline.

Ao apostar e investir em artistas cujas pesquisas vão de encontro aos seus preceitos plásticos, a LMAG busca promover uma conexão mais estreita entre entre público, artista e espaço, com suas mostras regulares, participações em feiras de arte e estímulo de seu público ao consumo do conhecimento artístico.

MANIFESTO

A ascensão do cenário artístico nas últimas décadas foi a gênese de uma nova fase para a arte contemporânea. Novos lugares, físicos e teóricos, impulsionaram o surgimento de outras maneiras de se criticar, curar, expor e fazer arte. A Galeria Luis Maluf surge neste contexto de modo quase espontâneo, concebida para ser um espaço fértil para a disseminação, a pesquisa e o acesso à produção artística.

Em nossa trajetória, nós nos posicionamos como uma plataforma tanto de fomento quanto de comercialização de arte, encontrando nosso cerne principalmente na fusão entre os anseios do colecionador e a pesquisa do artista. Nosso compromisso com a liberdade criativa deve-se à nossa crença de que nesta liberdade encontram-se as potências para uma arte conectada com o espírito humano e coerente com o seu tempo.

Os embates entre as visões de mercado e as visões institucionais regem o cenário da arte contemporânea trazendo à tona problemáticas que vão desde a atribuição de valor à uma obra até o respaldo educativo do ambiente expositivo. Há discordâncias de visão sobre as muitas maneiras de se administrar uma galeria de arte, e compreendemos a colisão das ideias como algo extremamente positivo para a circulação e a construção de debates a respeito das subjetividades sutis do meio artístico.

Assumimos como responsabilidade o desenvolvimento de novas afinidades com o espectador, focando na pluralidade como caminho que direciona nosso trabalho e nossa visão. Com a pluralidade, garantimos a total independência para a criação livre do artista e possibilitamos o nascimento de leituras que aproximam as pessoas tanto para a apreciação quanto para o diálogo com a arte contemporânea.

À luz dos novos dias é crucial que façamos a defesa do nosso campo. Diante disso é necessário que enxerguemos a difusão da produção contemporânea pelo prisma da pluralidade, que reinventemos o formalismo conservador dos modelos de incentivo e pesquisa sob a perspectiva da aproximação do espectador. O projeto da Galeria Luis Maluf é inserir-se nas tangentes entre o pop contemporâneo e a arte erudita, propor novas maneiras de colecionar, autonomia ao artista e progresso ao cenário atual. Nossa convicção sempre esteve e sempre estará na disseminação e no poder permeável da arte.